• jackelinequeiroz

Síndrome do Intestino Irritável (SII) : Conheça a Dieta Low FODMAP

A SII pode ser causada por fatores emocionais, pois temos um eixo intestino-cérebro (estresse, ansiedade, depressão), por hipersensibilidade e alterações de motilidade ou até Mudança do Padrão Alimentar (comum em pessoas que migram de uma dieta com proteína animal para uma dieta vegetariana ou vegana).

Os sintomas são: - Excesso de gases (acordar distendido ou ir ficando distendida ao longo do dia); - Diarréia; - Eructação; - Dores abdominais (cólica); - Constipação;

E se não cuidar, além dos desconfortos que prejudicam sua qualidade de vida e vida social, gera uma inflamação de baixo grau e aumento da permeabilidade intestinal, condições que a longo prazo podem acabar trazendo outros problemas de saúde não ligados ou ligados ao intestino. Como tratar: - Reduzir: café, álcool, glúten, gordura e tamanho das porções (comer muita comida de uma vez não favorece) - Adequar teor de fibras da alimentação; - Mudança estilo vida: boa qualidade de sono e exercício; - Suplementos: glutamina, probiótico, prebiótico, fitoterápico, fotoquímicos; - Gerenciando emoções: Terapia, meditação, autoconhecimento, auto conhecimento (começar a observar o que te faz mal) , auto compaixão (se acolha); - Dieta LOW FODMAP Dieta LOW FODMAP Um protocolo criado pela Universidade de MONASH, na Austrália, onde excluímos por 2 a 6 semanas (média de 4 a 6 semanas), os alimentos ricos em FODMAPS ou carboidratos fermentáveis, que são fibras que tendem a fermentar. Estão presentes em alguns alimentos e podem fazer muito mal para pessoas mais sensíveis.

Excluímos esses alimentos e depois reintroduzidos eles gradativamente em porções crescentes para observarmos qual a quantidade daquele alimento é melhor tolerada por você. Vamos personalizar com a reintrodução as quantidades de alimentos altamente fermentáveis que você tolera.

Durante esse período de dieta LOWFODMAP, o diário alimentar será seu amigo.

Dá trabalho, mas vai valer muito a pena viver sem os desconfortos gerados pelo intestino irritável.

Enquanto seguimos com essa dieta, vamos também cuidando da saúde do intestino com suplementos específicos e trabalhando a mudança de alguns hábitos. Você dirá adeus à Síndrome do Intestino Irritável ou aquela barriguinha estufada. Att.

Jacke


12 visualizações0 comentário